fbpx

Pedro Leopoldo nasceu das bandeiras chefiadas por Fernão Dias em busca de pedras preciosas. Abrindo caminhos pelo interior do Brasil, os bandeirantes chegaram à região por volta de 1680, iniciando diversas povoações pelo caminho. Permaneceram no local principalmente índios e escravos que, na obrigação de cultivar a terra para o abastecimento das expedições futuras, acabaram por se estabelecer. Cidade de Chico Xavier, famoso médium mineiro e de Luzia, fóssil humano (Homo sapiens) mais antigo encontrado na América do Sul que foi encontrado por Peter Lund no início dos anos 70, na Lapa Vermelha.

FUNDAÇÃO CULTURAL CHICO XAVIER

A Fundação Cultural Chico Xavier é uma organização da sociedade civil, constituída em 01 de julho de 2005, com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos e duração por tempo indeterminado, com sede em regime de comodato por tempo indeterminado na Casa de Chico Xavier.

CASA DE CHICO XAVIER

Antes de se transferir para Uberaba, em 1959, Chico Xavier residiu nessa casa por, aproximadamente, 10 anos. No dia 2 de abril de 2006, ela foi adquirida e revitalizada por um dos instituidores da Fundação Cultural Chico Xavier e disponibilizada para visitação pública, mantendo todos os detalhes da construção original, sendo hoje um local de paz, apropriado para contemplação, meditação e elevação dos pensamentos. Todas as obras psicografadas por Chico Xavier e muitas obras biográficas estão disponíveis no local.

FAZENDA MODELO

Instalada em 1918 pelo governo federal, a Fazenda Modelo teve como objetivo fomentar a agropecuária na região. Entre os anos de 1933 a 1958, antes de se transferir para Uberaba, Chico Xavier trabalhou como funcionário de serviços gerais e escriturário datilógrafo no local. Em 2010, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Federação Espírita Brasileira (FEB) e a União Espírita Mineira (UEM) inauguraram na antiga residência do Dr. Rômulo Joviano (onde Chico psicografou a famosa obra “Paulo e Estêvão”, dentre muitas outras), o “Espaço Cultural Chico Xavier”, contendo materiais sobre a sua vida e obra.

CENTRO ESPÍRITA LUIZ GONZAGA

A instituição foi fundada por Chico Xavier e um grupo de amigos em 21 de junho de 1927. No dia 8 de julho do mesmo ano, Chico psicografou a primeira mensagem (foram 17 páginas assinada por um amigo espiritual). A atual sede foi inaugurada no dia 2 de abril de 1950, construída no terreno onde existia o casebre em que Chico nasceu. Em 2010, foi inaugurado o “Memorial Luiz Gonzaga”, retratando a trajetória do médium na cidade, além da preservação de outros materiais importantes.

CENTRO ESPÍRITA MEIMEI

Foi a segunda instituição espírita fundada por Chico Xavier e um grupo de amigos, em 31 de julho de 1952, com a finalidade de realizar atividades mediúnicas de desobsessão (reunião de auxílio a desencarnados). Os livros “Instruções Psicofônicas”, “Vozes do Grande Além” e “Registros Imortais”, concebidos no local, são alguns desses registros da mediunidade psicofônica de Chico Xavier. Em 2012, foi inaugurado o “Memorial Meimei”, contendo fotos e documentos de grande valor histórico.

PARQUE ESTADUAL DO SUMIDOURO

O Parque Estadual do Sumidouro é uma unidade de conservação situada ao norte da região metropolitana de Belo Horizonte, distando 20 Km do centro de Pedro Leopoldo, com acesso por estrada asfaltada, seguindo a sinalização para o distrito de Fidalgo e bairro da Quinta do Sumidouro. Abriga uma paisagem peculiar por suas características cársticas, em uma área aproximada de 2.004 hectares. Partindo da rodoviária de Pedro Leopoldo a linha de ônibus 5100 (empresa Expresso Unir) dá acesso à portaria da Casa Fernão Dias, onde pode-se visitar os seguintes atrativos do Parque:

Casa Fernão Dias , Canoa histórica (14m), Trilha do Sumidouro, Lagoa e Abrigo do

Sumidouro, Flora e Fauna preservada.

Ao visitar o Parque, é necessário tomar alguns cuidados indispensáveis para a proteção desta Unidade de Conservação, bem como para o conforto e segurança de todos.