fbpx

Parque da Cascata

Criado em 1988 e depois de cinco anos fechado, o Parque da Cascata ganhou forma graças a uma parceria com a Embratur. As principais estruturas foram construídas naquela época. Porém, no início de 2014 o acesso do público foi impedido com a promessa de reforma no local. Cinco anos depois, o parque sofreu algumas intervenções paisagísticas e foi reaberto à visitação pública em novembro de 2018, sendo renomeado como Parque Ecológico da Cascata.

A área possui 295 hectares de mata nativa, com reserva de fauna e flora, entremeada de trilhas. Há ainda um lago com 450 metros de diâmetro cercado por uma praia artificial e por mata virgem. No interior da mata há uma trilha cimentada que dá acesso a uma cascata há uma cascata com 35 metros de queda livre e um mirante. Dentro do Parque é possível passear por trilhas arborizadas, onde a natureza permanece sem muita intervenção humana.

Ao ganhar o status de ecológico, o espaço passa a ter uma relação mais forte com outras esferas governamentais e sua plena preservação ambiental. O parque também ganhou nova jardinagem, pintura na portaria e demais imóveis e ainda teve trilhas e o entorno do lago recuperados.

O Parque Ecológico da Cascata funciona de sexta-feira a domingo, de 8h às 17h. Por se tornar ecológico, o espaço é destinado à visitação e contemplação da natureza. Não é permitido, por exemplo, levar animais de estimação, churrasqueira, produtos inflamáveis, equipamentos de som, nadar, pescar e comercializar produtos diversos. A proteção do parque é reforçada pela Brigada de Incêndio que atua na APA Serra Santa Helena 24 horas por dia. A sede do agrupamento fica bem na entrada e o monitoramento é reforçado por carros, motos e drone.

 

 

 

Autor:
Marcelo Sander
(31) 99737-9014
@mbsander