fbpx

Parceria entre Sebrae e Uai Hotéis busca o desenvolvimento de eventos com potencial turístico na região

No último dia 6 de fevereiro, o Grupo Uai de Hotéis e Pousadas de Sete Lagoas e Região, em parceria com o Sebrae, realizou um workshop de consultoria especializada com o objetivo de aprimorar e desenvolver eventos com potencial turístico regional. O encontro foi realizado na ACI Sete Lagoas e contou com a presença de 27 representantes de vários setores do turismo, do poder público, promotores de eventos, da gastronomia, esporte e cultura.

 

A gestora cultural e diretora da Espaço Ampliar, Flávia Botelho, foi a facilitadora da consultoria. “Foi um dia de trabalho muito produtivo. Nossa função inicial foi ouvir de cada um o que pensam do cenário e dos eventos turísticos na cidade. Uma das características principais do grupo foi exatamente a diversidade. Tivemos uma adesão muito forte de todos”, afirmou.

 

A proposta, segundo a consultora, é a continuidade das reuniões para elencar ações de desenvolvimento da promoção turística da cidade, gerando novos negócios e desenvolvendo os negócios locais já existentes. “A partir disso vamos identificar ações mais imediatas e a médio prazo a serem implementadas, potencializando o que já é feito e, ao mesmo tempo, trazendo novas ações”, anunciou.

 

De acordo com o gestor do Sebrae Sete Lagoas, Alysson Almeida, o Sebrae pensa no aprimoramento e desenvolvimento de eventos com potencial turístico para Sete Lagoas e região, sejam eventos culturais, esportivos, turísticos, gastronômicos ou sociais. “Queremos prolongar a permanência de turistas na cidade, desde que possamos oferecer as condições para isso. Temos alguns produtos turísticos já estruturados, como as grutas Rei do Mato, Maquiné e Lapinha, com apoio do Circuito das Grutas, além das belezas naturais da região”, afirmou Alysson.

 

Para ele, a atratividade do turista em permanecer por aqui pode ser gerada a partir do momento em que se agregam os eventos do território com a proposta de gerar fluxo turístico, aumentando a permanência e o deslocamento de turistas na região, linkando eventos empresariais com outros de cunho artístico, por exemplo. “Queremos desenvolver uma governança que possa tratar dos eventos, tão logo a Lei de Eventos sugerida pelo Grupo Uai seja aprovada na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito de Sete Lagoas”, completa o gestor.

 

Por: Marcelo Sander – @mbsander