fbpx

Cervejas premiadas fazem parte do menu do CerveGerais 2019

O Cervegerais 2019 vem para reforçar a marca de um dos melhores festivais de cervejas artesanais do estado. No próximo dia 6 de julho, sábado, de 10h às 23h, no Parque Náutico do Boa Vista, 20 cervejarias vão oferecer suas melhores cervejas com mais de 100 rótulos no total, de vários estilos, muitos premiados nacional e internacionalmente. E mais uma vez, o Grupo Uai de Hotéis e Pousadas de Sete lagoas e região apoia o festival. Quem garante é um dos realizadores do evento, Daniel Lanza.

“Cervejarias já conhecidas no mercado como Backer e Krug estarão presentes com suas linhas especiais. Para a Backer, já virou tradição voltar de festivais com premiações na mala. No Festival Brasileiro de Cervejas deste ano, a cervejaria de Belo Horizonte conquistou seis medalhas e ainda faturou o título de melhor cervejaria do Brasil na categoria Grande Porte”, afirma o produtor.

Já que o assunto é premiações, o Cervegerais será uma ótima oportunidade para os sete-lagoanos conhecerem uma série de medalhistas. “A Prússia Bier trará sua IPA que recebeu a medalha de bronze na Copa da Américas em 2017 e a Pale Ale, eleita a melhor do Brasil em 2018. Ainda, a cervejaria de São Gonçalo do Rio Abaixo disponibilizará em suas torneiras os estilos Pilsen, Bohemian e as edições especiais da Doppelbock, um estilo ideal para o inverno, e a Newbie, uma cerveja extremamente aromática”, garante Daniel.

Segundo o produtor, outro destaque vai para a cervejaria Mantrap, eleita a melhor cervejaria Cigana do Brasil na Copa Cerveja Abraserva/18, dona da Imperial Red Trap medalha de ouro no Festival Brasileiro de Cervejas em 2019, onde também conquistou a medalha de prata com a Red Trap. A cervejaria Furst, também premiada na Copa das Américas 2017, não abre mão de medalhas em festivais. Com princípio de produção regido pela Lei da Pureza Alemã, de 1516, a cervejaria produz os estilos Pilsem, Weiss, English Pale Ale, Blonde Ale, IPA e Oktoberfest.

Já a Dunk vem com estilos variados elaborados pelos seus metres cervejeiros Marcelo Bastos e José Bento. Entre elas está a Kölsch, um estilo de cerveja clara, alemã da região de Colônia. “A receita original foi trazida pela Família Dunk no período da Segunda Guerra e traduzida pelos atuais mestres cervejeiros”, conta Lanza.

Com apenas dois anos, a Hop Makers Craftbeer também é medalhista. Possui prêmios como melhor cerveja de Minas pelo Festival Bier Hub e medalha de prata na categoria ESB no Festival de Cerveja de Blumenau em 2018. Novata nos festivais em Sete Lagoas, a Cervejaria ARZ vem com estilos variados para mostrar seu potencial. Outra premiada é a cervejaria Botocudos, premiada em diversos festivais nacionais e internacionais como Copa do Brasil, Festival Brasileiro e Copa da Américas. Assim também é a Loba, cervejaria mineira que já conquistou inúmeros prêmios no Brasil e exterior.

Pratas da casa
Para mostrar que Sete Lagoas é uma cidade cervejeira, a MAL, Behop e Los Trapos são um atrativo a parte. A MAL já é conhecida e querida por admiradores das boas cervejas, sempre se destacando nos festivais da região. A Behop, inaugurada em 2017 às margens da rodovia MG-424, é a primeira cervejaria artesanal com fábrica registrada em Sete Lagoas e traz estilos variados como IPA, APA, Weiss, Dunkel Weiss, Catharina Sour com maracujá, lager e Golden Ale com hibisco. Já a Los Trapos é a sete-lagoana mais nova em festivais. “Pela primeira vez no CerveGerais, tem como destaque sua Summer Ale e uma maravilhosa IPA, ambas muito bem avaliadas por beer sommeliers e pronta para conquistar medalhas em festivais”, diz Daniel.

Com raiz e coração em Sete Lagoas, a Antön Beer está no mercado desde 2015. Nasceu da ideia de três amigos sete-lagoanos, hoje sócios. O início da produção foi como cervejaria cigana, até 2018. Atualmente a marca possui sua própria micro cervejaria no Jardim Canadá, em Nova Lima, um importante polo cervejeiro no estado.

Outra considerada sete-lagoana é a Artesamalt. Com sua área produtiva localizada em Capim Branco, comercializa suas cervejas em Sete Lagoas há mais de 12 anos. Levará ao Cervegerais seus novos estilos como Session Ipa, Vienna Lager, Douple Ipa, Stout e Weiss.

“Podemos dizer que a Brüt Bier também tem uma forte ligação com Sete Lagoas. Seu experiente mestre cervejeiro, Renato Valgas, é de família sete-lagoana e hoje possui residência na cidade. Juntamente com o sócio Dhiego Pardini, souberam transformar em profissão o que antes era diversão”, conta Daniel Lanza.

Gastronomia
Boas cervejas merecem acompanhamentos da boa gastronomia e o Cervegerais 2019 soube unir os segmentos. Nesta edição, participam a pizzaria Francesinha (também premiada como melhor pizza de Minas Gerais em 2018), o Mega Beer (mexidão, sanduíche de pernil, fritas com queijo e bacon e contra filet com fritas), o Lagoa Espetos (churrascos, kafta, arroz temperado e tropeiro), o Chef Fellipe Coelho (Costela Fogo de Chão e o Arroz de Rabada), o Insano Burguer e o Barão Cervejeiro, um dos organizadores do evento, que promete oferecer ótimas harmonizações e tira gostos exclusivos como o “Bolinho do Barão” e o “Bolinho da Baronesa”.

Parceria UAI
Para Ângelo Lanza, do Barão Cervejeiro e também um dos organizadores do evento, ter o apoio do Grupo Uai de Hotéis e Pousadas de Sete Lagoas e Região é fundamental. “Ter o Grupo Uai como parceiro do CerveGerais é ter a certeza de que temos ao nosso lado pessoas dispostas a colaborar com o desenvolvimento turístico de Sete Lagoas”, acrescenta.

SERVIÇO
CerveGerais 2019 – A Força da Mulher
6 de julho, sábado, de 10h às 23h, no Parque Náutico do Boa Vista
Entrada gratuita até 15h, após, R$ 10
Bandas: Renata Casemiro, Banda Dentifrício, Ablusadas, Duo bi Duo e Lurex (Queen Cover) e mais uma atração surpresa
Organização: Barão Cervejeiro, Confraria 7ontap, Denilson Lanza, Guedes Drummond Business e Renatinho Pé da Vaca
Informações: (31) 3776-2776